Observatório de Ouro Fino

A Operação “Lei e Ordem”, foi deflagrada pela Polícia Civil do Paraná com o objetivo de cumprir 14 mandados judiciais, sendo quatro de prisão temporária, contra quatro policiais militares. Eles são suspeitos de envolvimento nos homicídios de Reginaldo Bergamaski, em março deste ano, no bairro Uberaba, e de um casal, em setembro de 2017, no bairro Rebouças, ambos aqui na capital do Estado. A ação teve o apoio da Corregedoria da Polícia Militar, como explica a delegada Camila Cecconello.

O crime de Bergamaski aconteceu no dia 25 de março deste ano, por volta das 11 horas da manhã, no bairro Uberaba. Na ocasião, dois indivíduos que estavam em um Pegeout branco entraram na frente do veículo da vítima, um Jeep Compass, e desferiram diversos disparos de fuzil contra o para-brisa do veículo. Segundo o delegado Tito Lívio Barrichello,  as investigações apontaram para a participação de 4 policiais militares.

De acordo com as investigações, os policiais militares também teriam envolvimento com um outro crime de homicídio, ocorrido no mês de setembro de 2017, quando um casal foi executado com tiros de fuzil e pistola, no bairro Rebouças, em setembro de 2017. Já os mandados judiciais, foram expedidos pela 2ª Vara Privativa do Tribunal do Juri de Curitiba. Todos eles estão sendo cumpridos, simultaneamente, nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio de Janeiro.

Repórter Marcelo Ricetti