Foto: Polícia Civil
Terrazza Panorâmico

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu um homem, de 46 anos, suspeito de integrar um grupo especializado em explodir caixas eletrônicos e roubar bancos no Estado do Piauí. A prisão aconteceu no bairro, Uberaba, em Curitiba, na quinta-feira (15).

O homem estava foragido da Justiça do Piauí, desde o ano de 2017, quando conseguiu fugir do sistema prisional. O delegado do Centro de Operações Policiais Especiais (COPE) Rodrigo Brown, explica que após a fuga, o suspeito, junto a outros presos que participaram da fuga voltaram para o Paraná, onde continuaram praticando crimes.

A prisão no Piauí havia ocorrido no ano de 2016, quando o suspeito dirigia um caminhão carregado com fuzis, drogas e explosivos, para um grupo criminoso, entre eles um paranaense conhecido como “Batman”, suspeito de atuar como um dos maiores ladrões de banco do país.

Investigações apontam que o homem dirigia para “Batman”, já este possuía uma deficiência física, que adquiriu durante a prática de um crime em que teve 70% do corpo queimado e acabou perdendo a mão.

O delegado do Centro de Operações Policiais Especiais (COPE) Rodrigo Brown, explica como o suspeito preso nesta quinta-feira mantinha conexão com o outro preso de apelido “Batman”.

Agora o homem encontra-se detido no Paraná e permanece à disposição da Justiça.

Repórter Vanessa Fernandes