canil-clandestino-fechado
Foto: Divulgação/Polícia Civil
Terrazza Panorâmico

A Polícia Civil do Paraná fechou um canil clansdestino, no bairro São Miguel, em Curitiba. No local, foram encontrados 46 cães de diversas raças, que viviam em situação de maus-tratos.

Uma mulher, de 46 anos, proprietária do canil, foi presa em flagrante.

Os cães estavam em um local sem higiene e passavam dias sem água e comida. Além disso, alguns animais estavam machucados e subnutridos.

A ação foi realizada pela Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente após uma denúncia anônima, como explica o delegado Matheus Laiola.

Os cães eram das raças pug, husky siberiano, yorkshire e buldogue.

Segundo o delegado, a Rede de Proteção Animal aplicou uma multa de R$ 46 mil a proprietária do canil clandestino.

O delegado Matheus Laiola orienta que a população pode fazer denúncias pelo telefone 181. A ligação é gratuita e anônima.

A tutora dos animais vai responder pelo crime de maus-tratos. A pena prevista é de até um ano de prisão.

Repórter Francielly Azevedo