Categorias: CBN DESTAQUE Curitiba

Polícia investiga acidente entre trem e micro-ônibus, em Curitiba

Atualizado às 13h40

A Polícia Civil investiga as causas de um acidente que deixou uma mulher morta e cinco pessoas feridas, na madrugada desta terça-feira (20), envolvendo um trem e um micro-ônibus, no bairro Cajuru, em Curitiba.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o micro-ônibus, que transportava cerca de 15 funcionários de uma montadora de veículos, da Região Metropolitana de Curitiba, foi atingido ao tentar passar pelo trilho na Rua Osíris Del Corso.

Ainda conforme o Corpo de Bombeiros, com o impacto da batida, o motorista do micro-ônibus acabou atingindo uma casa e um poste da região. A mulher que morreu era passageira do veículo. Outros cinco passageiros precisaram ser encaminhados a hospitais de Curitiba, mas já receberam alta médica.

O delegado Edgar Santana, da Delegacia de Delitos de Trânsito de Curitiba (Dedetran), afirma que o motorista do trem já foi ouvido, mas que ainda é preciso ouvir outras pessoas envolvidas no acidente para apontar eventuais responsabilidades.

Uma equipe da Coordenadoria de Segurança de Edificações e Imóveis (Cosedi), da Prefeitura de Curitiba, esteve no local do acidente e avaliou o imóvel atingido pelo micro-ônibus.

Ao proprietário do imóvel atingido foi indicada a demolição da cobertura atingida pelo ônibus, tendo em vista o risco iminente de desabamento.

Além disso, segundo a Cosedi, como segunda medida, foi interditada a área de recuo frontal do imóvel vizinho àquele atingido pelo ônibus, para garantir a segurança dos moradores e pessoas que passarem pelo local. Há risco de desabamento do muro de divisa e a indicação é que a estrutura seja demolida e reconstruída.

Em nota, a empresa Rumo, responsável pelo trem envolvido no acidente, informou que lamenta profundamente a ocorrência.

A nota diz ainda que, “o motorista cruzou a ferrovia devidamente sinalizada no momento da passagem do trem” e que “o maquinista acionou todos os procedimentos de segurança, mas não foi possível evitar a colisão”.

Por fim, a nota diz que “equipes da empresa foram acionadas e prestaram todo suporte às equipes médicas para atender a ocorrência” e que “a empresa realiza campanhas de conscientização para alertar motoristas e pedestres sobre os cuidados com o trem”.

Também por meio de nota, a montadora Volkswagen informou que lamenta profundamente o ocorrido e que presta solidariedade aos familiares das pessoas envolvidas.

Já a empresa SMP Automotive, fornecedora de peças para a montadora e responsável pelos funcionários, frisou que lamenta a morte da colaboradora e que nenhum outro colaborador está hospitalizado.

A empresa ressaltou ainda que está em contato com a família da colaboradora que faleceu oferecendo suporte emocional e todas as orientações necessárias.

Em nota, a Vanstour, empresa responsável pelo micro-ônibus, lamenta o acidente ocorrido e afirma que as medidas estão sendo tomadas para a assistência aos envolvidos, inclusive quanto ao motorista que está hospitalizado.

A Vanstour diz que está colaborando com as investigações e ressaltou a insegurança habitual do cruzamento onde ocorreu o acidente, já conhecido como perigoso pelo alto índice de ocorrências anteriores e pela precária sinalização.

Repórter William Bittar

Essa postagem foi modificada em 20 de outubro de 2020 10:56

Compartilhar
Tags: acidente de trem Cajuru Polícia Civil rumo trem

Esse Aceite utiliza Cookies