Categorias: CBN DESTAQUE Geral JORNALISMO

Polícia investiga queda de criança do 4º andar de prédio

A Polícia Civil investiga a queda de uma criança de dois anos do quarto andar do prédio onde a família mora, no bairro Pinheirinho, em Curitiba. Segundo a polícia, o padrasto deixou três crianças sozinhas do apartamento e chegou a ser preso em flagrante, mas vai responder o processo em liberdade.

O caso aconteceu na tarde desta quinta-feira (3). De acordo com a Polícia Civil, o homem saiu para levar a companheira, mãe da criança, ao trabalho e depois foi para um lava-car, deixando as crianças no apartamento sozinhas durante algumas horas.

Neste tempo, a menina teria subido na janela que não tinha proteção e caiu. O padrasto estava chegando no apartamento quando escutou os gritos das outras crianças.

O delegado Tiago Nóbrega, da Divisão de Homicídios de Proteção à Pessoa (DHPP), responsável pela investigação, afirmou que o padrasto deve responder por abandono de incapaz, uma vez, que vizinhos relataram que ele sempre deixava as crianças sozinhas em casa.

Segundo Tiago Nóbrega, o Conselho Tutelar também deve ser acionado, pois, as crianças estariam em condições preocupantes no apartamento.

O padrasto deixou a delegacia na madrugada desta sexta-feira, após pagar fiança. A mãe da criança ferida também foi ouvida e não foi detida pelos policiais.

A menina teve ferimentos leves e está internada no Hospital do Trabalhador.

Repórter William Bittar

Essa postagem foi modificada em 4 de setembro de 2020 10:55

Compartilhar
Tags: criança Polícia Civil prédio queda queda de criança

Esse Aceite utiliza Cookies