Foto: Divulgação/Polícia Civil

A delegacia de Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba, está investigando o furto de cinco caixas de dinamite de uma empresa de explosivos. Isto equivale a 125 quilos de dinamite. E ainda foram levadas três peças de estopim. O crime aconteceu no último sábado (20).

De acordo com o delegado Luiz Carlos de Oliveira, que conduz as investigações, o inquérito já foi aberto e os funcionários da empresa onde ocorreu o furto começaram a ser ouvidos nessa segunda-feira (22).

Ainda não foram identificados suspeitos do crime.

O delegado Luiz Carlos de Oliveira também solicitou apoio nas investigações da Delegacia de Explosivos, Armas e Munições e do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope).

Por meio de nota, o Exército informou que está trabalhando ao lado da Polícia Civil para investigar o caso. A nota afirma que a empresa será autuada administrativamente.

O furto de dinamite preocupa não apenas por ser material explosivo, mas também porque ele pode ser utilizado em outros crimes, como a explosão de caixas eletrônicos e agências bancárias, segundo o delegado.

Da redação