Foto: Divulgação/Polícia Civil

Quatro policiais militares são alvos da Operação Lei e Ordem, da Polícia Civil, deflagrada na manhã desta terça-feira (14). 14 mandados judiciais, entre eles quatro de prisão temporária, são cumpridos, desde as primeiras horas da manhã. Os pms são suspeitos de envolvimento no homicídio de Reginaldo Bergamaski, ocorrido em março deste ano.

Os mandados judiciais foram expedidos pela 2ª Vara Privativa do Tribunal do Juri de Curitiba. Todos são cumpridos, simultaneamente, nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio de Janeiro.

Crime

O crime em questão aconteceu no dia 25 de março deste ano, por volta das 11 horas da manhã, no bairro Uberaba. Na ocasião, dois homens que estavam em um Pegeout branco se aproximaram do veículo da vítima, um Jeep Compass, e desferiram diversos disparos de fuzil, calibre .556, contra o para-brisa do automóvel. De acordo com as investigações, os policiais militares também estariam envolvidos em um outro crime de homicídio. Um casal foi executado com tiros de fuzil e pistola, também no bairro Rebouças, em setembro de 2017.

Repórter Lucian Pichetti