posto é interditado
Foto: William Bittar
Terrazza Panorâmico

Quatro postos de combustíveis foram interditados total ou parcialmente no Paraná por irregularidades na venda de combustíveis ou até mesmo na utilização de solvente no combustível. Um dos postos ainda não tinha autorização para funcionamento.

Ao todo, 184 postos e uma distribuidora de combustíveis foram fiscalizados durante uma força-tarefa da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis que aconteceu em 16 municípios paranaenses para fiscalizar e coibir irregularidades em postos de combustíveis.

A ação começou no dia 17 de agosto e terminou na manhã desta sexta-feira (23).

Francisco Neves, superintendente de fiscalização de combustíveis da ANP, ainda frisou que 34 bicos de bombas abastecedoras foram interditados, isso porque a quantidade de combustível despejada da bomba era menor do que a solicitada. Em alguns casos, de 20 litros abastecidos o consumidor perdia mais de 1 litro pela irregularidade da bomba.

Dos postos interditados, um fica em Curitiba, no bairro Uberaba. De acordo com o superintendente da ANP, era lá que o solvente era utilizado como combustível.

Segundo Francisco Neves, os postos estão sujeitos a multas que variam de R$ 5 mil a R$ 5 milhões. Além disso, os estabelecimentos também podem ser responsabilizados criminalmente.

A força-tarefa aconteceu por meio de várias denúncias de consumidores que foram feitas à ANP. Qualquer cidadão pode fazer essas denúncias de irregularidades nos combustíveis pelo telefone 0800-970-0267 ou pelo site www.anp.gov.br/fale-conosco.

Repórter William Bittar