Foto: Divulgação / Prefeitura de Guaramirim
Terrazza Panorâmico

Os primeiros casos de zika vírus registrados no Paraná são de Foz do Iguaçu, na região Oeste. São três registros autóctones – contraídos na própria cidade. Os casos foram detectados em setembro, mas confirmados apenas agora, após análises de laboratório. Os pacientes foram medicados e estão fora de perigo.

Ainda segundo o informe semanal da Secretaria da Saúde, do fim de julho até agora, são 730 casos confirmados de dengue no Paraná. Em relação à semana passada, são 48 casos a mais, que representam um aumento de 7%.

Tanto para a dengue quanto para a zika e a chikungunya, o agente transmissor é o Aedes Aegypti. Para evitar a proliferação do mosquito, as autoridades da Saúde Pública intensificam as orientações para a eliminação dos criadouros.

Repórter Marcelo Ricetti