Foto: Freepik
Terrazza Panorâmico

Em novo boletim epidemiológico, divulgado nesta terça-feira (15), a Secretaria da Saúde registra 682 casos confirmados de dengue no Paraná. São 86 casos a mais do que na semana passada, com aumento de 14,43%.

Ao todo, 226 municípios apresentam notificações e 108 têm casos confirmados. Desde julho deste ano, o Estado totaliza 5.972 notificações para a dengue.

As cidades de Santa Isabel do Ivaí – com 35 casos -, e de Inajá – com 16 -, permanecem em situação de epidemia. Todos são autóctones, aqueles contraídos no local em que se mora.

E duas entraram, nesta semana, para a relação das que estão em situação de alerta: Quinta do Sol e Uniflor. Além destas, outras dez completam a lista: Douradina, Floraí, Florestópolis, Flórida, Indianópolis, Juranda, Lindoeste, Nova Cantu, São Carlos do Ivaí, e Uraí.

Foz do Iguaçu teve dois casos de dengue grave, que apresenta sintomas como sangramentos, palidez, sudorese, dificuldade de respirar e comprometimento de alguns órgãos.

Por outro lado, Londrina registrou, no período, um caso de dengue com sinais de alarme, que ocorrem, geralmente, entre o terceiro e o quinto dia da doença. Entre eles, dores abdominais fortes e contínuas, vômitos persistentes e acúmulo de líquido no corpo, sinalizando que pode evoluir para a forma grave.

Repórter Marcelo Ricetti