Foto: Ricardo Marajó/FAS
Terrazza Panorâmico

A Prefeitura abrigou 513 pessoas em situação de rua na noite desta quinta-feira (5/9) e madrugada desta sexta (6/9). A maioria delas, 432, procurou espontaneamente atendimento nas casas de passagem coordenadas pela Fundação de Ação Social (FAS). Nos dias em que o frio não é tão intenso, aproximadamente 350 pessoas dormem nos abrigos do município.

O trabalho, que será mantido na noite desta sexta-feira é desenvolvido sempre em que há previsão de temperaturas iguais ou abaixo de 9 graus.

Durante toda a noite, as equipes da FAS fizeram 144 abordagens a pessoas em situação de rua, a maioria solicitada pela Central 156 ou pelo aplicativo Curitiba 156. Em 58 situações, os educadores sociais estiveram no endereço indicado, mas já não havia ninguém no local.

De todos que foram abordados, 81 aceitaram acolhimento. Mesmo com frio e a equipe oferecendo atendimento, 63 pessoas se recusaram a ir para os abrigos.

Cinco pessoas foram abrigadas em unidades que possuem canis, por estarem com cães de estimação. Duas delas foram encaminhadas pelas equipes da FAS, que possuem caixas para transporte de animais, e três procuraram acolhimento espontaneamente. 

Ninguém precisou de atendimento médico. A população também pode ajudar. Caso veja algum morador de rua desprotegido, ligue para 156 ou acesse o aplicativo Curitiba 156.

Repórter Fábio Buchmann