O prefeito Rafael Greca inaugurou, nesta quinta-feira (6/12), no Bosque Alemão, no Pilarzinho, a Vila de Natal e a cidade do Pão de Mel. Esta última é uma maquete decorada com bolachas natalinas que reproduzem casas, árvores, Papai Noel, presépio e pontos turísticos de Curitiba.  

No local, Greca também participou das celebrações do Dia de São Nicolau, comemoradas anualmente nos dias 5 e 6 de dezembro. Os eventos fazem parte da programação do Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais, que conta com cerca de 70 atrações na cidade.

Precursor do Papai Noel, São Nicolau, que foi bispo de Mira, na Turquia, ficou famoso na Europa por distribuir doces e brinquedos para as crianças. As comemorações são feitas na Alemanha, Bélgica, Holanda, Áustria, França, Indonésia, Luxemburgo, Suíça, Polônia, República Checa e também nas regiões Sul e Sudeste do Brasil.

“Estamos aqui resgatando as antigas tradições de Natal, de comer biscoitos natalinos e de São Nicolau e do Papai Noel. O meu penhor é que Curitiba nunca seja amarga, mas uma doce e feliz cidade”, disse o prefeito. Rodeado por crianças da Escola Municipal Mirazinha Braga, Greca contou a história do primeiro Natal.

Durante o evento, o público foi recepcionado pelo Papai Noel e por um ator representando São Nicolau, que convidaram os visitantes a assistir às apresentações de bailarinos e cantores nas escadarias do Oratório de Bach e casais étnicos alemães.

“Está muito bonito”, disse a boliviana Daphne Adade, de 83 anos, que foi acompanhada do marido, do filho e do neto. Para Elza Rutz, de 92 anos, o importante é o resgate das tradições natalinas. “Estou muito orgulhosa de Curitiba ter uma maquete tão bonita como essa, com riqueza de detalhes com os pontos turísticos da cidade”, afirmou.

Cidade do Pão de Mel

A cidade do Pão de Mel é composta de 150 peças distribuídas em quatro metros de área, com 15 casas natalinas, dois pinheiros em 3D, trenó com Papai Noel também em 3D, um presépio completo com manjedoura, Jesus, José, Maria e outros elementos.

Eles se juntam a sete pontos turísticos da capital paranaense que foram aproveitados da maquete original do Congresso Brasileiro de Biscoitos Decorados: Passeio Público, Jardim Botânico, Fonte dos Anjos, Igreja do
Rosário, Torre da Telepar, Oratório e Portal do Bosque Alemão.

O trabalho envolveu seis confeiteiras e um engenheiro de projeto. “A maquete pesa cerca de 35 quilos e é bacana porque as pessoas podem conferir como seria Curitiba com neve”, diz Ana Luiza Spengler, coordenadora do grupo de doceiras. “Somente nas 51 árvores da cidade, foram usados três quilos de glacê”, diz Dulce Rutz, que ficou responsável por uma das casas, as árvores e as floreiras da cidade.  

A maquete poderá ser visitada até o dia 6 de janeiro, das 13h às 19h.

O evento contou com a participação do Quinteto da Banda Lyra e de 60 crianças da Escola Municipal Mirazinha Braga com duas turmas de terceira série.

Também estiveram presentes ao evento a presidente do Instituto Municipal de Turismo, Tatiana Turra; a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, o secretário do Esporte, Lazer e Juventude, Emílio Trautwein; a presidente da Fundação Cultural, Ana Castro, e a administradora da Regional de Santa Felicidade, Simone da Graça das Chagas Lima.

Fonte: Prefeitura de Curitiba