Foto: EBC
Terrazza Panorâmico

Três casos de morcegos contaminados com o vírus da raiva já foram registrados em Curitiba somente neste ano.  O último diagnóstico foi confirmado nesta semana, o morcego foi capturado dentro de um apartamento no bairro Ahú. Os outros dois casos foram registrados em março e abril, no Atuba e no Alto da Glória.

De acordo com o coordenador de Vigilância em Zoonose da secretaria Municipal da Saúde, Juliano Ribeiro, os casos estão dentro da normalidade e a situação não é alarmante. Ele destaca que a presença desses animais é comum nos centros urbanos.

A orientação é que as pessoas evitem o contato com o animal para evitar uma possível contaminação. Juliano Ribeiro explica o que deve ser feito no caso de aparecimento de um morcego dentro de casa.

Para evitar a contaminação dos animais domésticos, a orientação é manter a vacinação contra a raiva em dia em cães e gatos. A imunização deve ser feita todos os anos. A Secretaria Municipal da Saúde fornece a vacinação gratuita contra a raiva, de segunda a sexta-feira, em horário comercial – na rua Ludovico Kaminski, 1381, na Cidade Industrial de Curitiba.

Deixe uma mensagem