Foto: Divulgação ALEP

As negociações entre os servidores públicos estaduais e o governo do Estado, em relação ao reajuste e demais demandas da categoria permanecem nesta quarta-feira (10), o fato novo nestas negociações é o engajamento do presidente da Assembleia Legislativa do Paraná deputado Ademar Traiano.

Desde o dia 25 junho quando teve início a greve de parte dos servidores estaduais, as negociações estavam sendo conduzidas pelo líder do governo na Assembleia deputado Hussein Bakri (PSD) e pelos deputados professor Lemos (PT) e Luciana Rafagnin (PT).

Nesta quarta-feira, após o fim da sessão plenária o presidente Ademar Traiano recebeu líderes sindicais e diretores de escolas, e garantiu que irá acompanhar de perto as negociações entre o Governo do Estado e servidores públicos em relação ao pagamento da data-base da categoria.

Segundo Traiano, o início do recesso parlamentar não irá atrapalhar o trabalho dos deputados e da Mesa Executiva nessa negociação. Sobre a proposta do Governo de reajuste escalonado que foi enviada à Alep, Traiano disse que ela não será votada, em virtude de se buscar um novo entendimento sobre os percentuais a serem aplicados no reajuste da data-base dos servidores.

Para o deputado Professor Lemos, que acompanhou os servidores públicos nas negociações desde o início da greve, é de grande importância a atuação da Assembleia e do presidente do legislativo nas negociações. Lemos disse que ainda hoje, Traiano dará uma resposta aos servidores.

Ainda nesta quarta-feira (10) o presidente fará uma nova reunião com os representantes do movimento dos servidores para “buscar uma solução definitiva”. Traiano ressaltou que o momento econômico é crítico e que todos precisam ter a consciência disto.

Esta nova reunião com os servidores deve acontecer no fim da tarde

Repórter Vanessa Fernandes