Foto: Reprodução/Google Street View
Terrazza Panorâmico

Mais uma delegacia com superlotação registrou uma tentativa de fuga de presos, neste domingo (10). Em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, a carceragem que deveria receber, no máximo, oito presos, estava com 55 detentos, de acordo com um policial civil que trabalha na unidade e preferiu não ser identificado.

No início da tarde, um policial que estava de plantão viu, nas câmeras de segurança, que os presos serravam as grades de cima onde eles tomavam sol. No mesmo instante, o policial foi até lá e atirou para cima, na tentativa de dispersar os detentos.

Um preso conseguiu fugir ao passar pelo solário e pular o muro do ginásio de esportes que fica ao lado. Até a manhã desta segunda-feira (11) ele não foi localizado.

No final de janeiro, o Conselho da Comunidade de Curitiba esteve na carceragem e fez um levantamento em 14 delegacias da capital e da Região Metropolitana.

Juntas, as carceragens têm capacidade para comportar 341 detentos, mas a população abrigada chega a 1.170 pessoas, número três vezes maior que a capacidade máxima.

A CBN Curitiba tenta contato com a Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp-PR).

Repórter William Bittar