Foto: TRE-PR
Terrazza Panorâmico

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR), Luiz Raro Oyama, esteve presente nos quatro locais de votação que apresentaram problemas no registro dos votos durante o primeiro turno das eleições, em Curitiba.

Durante a visita ao Colégio Positivo Júnior, o presidente conversou com a imprensa e reafirmou a confiabilidade das urnas eletrônicas, principalmente após eleitores alegarem que as urnas encerraram antes mesmo do registro ao voto para presidente.

Taro Oyama reafirmou a segurança do processo eleitoral, lembrando que uma auditoria comprovou que as urnas reclamadas não sofreram nenhum tipo de alteração ou fraude.

O presidente do TRE-PR também agradeceu aos eleitores e pediu respeito, não apenas entre eleitores com opiniões contrárias, mas também com os mesários que estão atuando nos locais de votação.

De acordo com o primeiro levantamento feito pelo TRE, 110 urnas precisaram ser substituídas em todo o estado e 13 delas foram substituídas em Curitiba. Taro Oyama finalizou a coletiva dizendo que o número está dentro da normalidade e acredita que os problemas acusados no primeiro turno, não devem acontecer. Ele ressaltou ainda que as urnas são utilizadas há 22 anos e nunca aconteceu de uma eleição ser anulada por algum tipo de situação.

Repórter William Bittar