Foto: Justiça Federal

A semana começa com novos depoimentos da operação Lava Jato, com o interrogatório de mais três réus do processo relacionado ao Sítio de Atibaia.

A previsão é para que sejam ouvidos nesta segunda-feira (14) o ex-assessor especial da Presidência da República Rogério Aurélio Pimentel e o advogado e amigo de Lula Roberto Teixeira, acusados de intermediar pagamentos para as obras do sítio e por lavagem de dinheiro, além de Fernando Bittar, que é formalmente o dono da propriedade Santa Bárbara no interior paulista e seria uma espécie de laranja no registro fraudulento do sítio, para ocultar o real proprietário e o emprego de valores oriundos de corrupção e pagos pela Odebrecht e OAS como vantagem indevida ao ex-presidente.

Passada esta audiência, fica a expectativa para o meio da semana, com depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele será interrogado na quarta-feira (14) em audiência marcada para as 14h na sede da Justiça Federal, no Ahú.

Lula será o último réu do processo relacionado ao sítio de Atibaia a prestar depoimento. A ação trata do suposto pagamento de propina ao petista. A vantagem indevida teria sido paga por meio de reformas no imóvel, no interior paulista, vantagem indevida que teria sido pelo

Repórter Cristina Seciuk