Foto: Policia Civil

Uma professora foi indiciada por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) pela morte de uma criança em uma escola do noroeste do Paraná. O inquérito policial foi concluído na última sexta-feira (18).

A criança, de 1 ano e 11 meses, estava sob supervisão da professora em uma sala de aula de uma escola particular, de Nova Esperança, no noroeste do Paraná, quando morreu asfixiada com uma mochila. O acidente aconteceu no último dia 14 de dezembro.

A mochila estava pendurada, quando a criança enroscou o pescoço na alça. Quando ela tentou se mexer, foi puxada pelo peso do próprio corpo, o que causou o enforcamento. A menina foi reanimada e encaminhada ao hospital de helicóptero. Mas, após cinco dias, teve a morte encefálica confirmada.

A professora estava em sala de aula e preenchia documentos quando o acidente aconteceu. O inquérito aponta que a educadora, por precaução, poderia ter recolhido as alças da mochila, pendurada na parede. A mulher foi indiciada por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Agora, o Ministério Público do Paraná deve decidir se arquiva o processo ou se apresenta a denúncia à Justiça.