Foto: Marcelo Ricetti
Terrazza Panorâmico

“A Força da TV e do rádio multiplataformas”. Este é o tema do Congresso Paranaense de Radiodifusão, que acontece em Curitiba, até esta sexta-feira. O evento, que é realizado a cada dois anos e está na 25.ª edição, deve reunir mais de 400 profissionais do setor, em palestras e workshops.

A promoção é da AERP – Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná – e tem o apoio da CBN Curitiba. Para o presidente da entidade, Alexandre Barros, a convergência das tecnologias e algumas adaptações dos meios de difusão em massa, dentro e fora do Brasil, vão definir o futuro das comunicações no País.

O congresso também tem como um dos organizadores o SERT – Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão do Paraná. Segundo o presidente, Cezar Telles, com tantas mudanças, as empresas paranaenses do setor também precisam se adaptar. 

Em paralelo ao congresso, acontece o EngeTec Brasil, uma feira nacional de equipamentos que disponibiliza as novidades da área técnica. Para o secretário de Comunicação Social do Paraná, Hudson José Gomes, a atualização permanente das empresas de radiodifusão é fundamental.

Segundo o governador Ratinho Junior, há uma reversão em curso da globalização. Mesmo com tantas redes nacionais, hoje, a grande demanda é pelas notícias regionais e locais.

Para o vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, é um orgulho sediar um evento que discute os rumos da comunicação no Paraná, já que a capital do Estado é uma das cidades mais inovadoras do País.

Repórter Marcelo Ricetti