pipa-cerol-multa
Foto: Pixabay
Terrazza Panorâmico

Um projeto que está na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Municipal de Curitiba (CMC) prevê o aumento da multa para quem for flagrado utilizando cerol na linha de pipas ou similares. Atualmente a multa é de R$ 500, mas a previsão é de aumento para R$ 2 mil.

A iniciativa é da vereadora Fabiane Rosa (DC) e também inclui “linha chilena e similares” na lei municipal de 2005 que já proíbe o uso do cerol.

Fabiane Rosa ressalta que além do aumento da multa, também será feita a apreensão do material, pois, a lei atual não prevê essa situação o que ocasiona a continuidade do uso do cerol na cidade.

Segundo a vereadora, a proposta leva em conta os “graves riscos advindos da utilização de cerol, linha chilena e similares, que provocam diversos acidentes graves e que podem, inclusive, causar a morte de pessoas e animais, provocando pânico nos motociclistas e ciclistas de Curitiba”.

Fabiane Rosa disse que não tem números de casos que aconteceram na cidade em decorrência de acidentes com o cerol ou linha chilena, mas pede que a população ajude na fiscalização desse uso para evitar que outras pessoas ou animais sejam vítimas dessa situação.

Se o projeto passar pela CCJ da Câmara, seguirá para outras duas comissões antes de ser votado no plenário pelos vereadores.

Repórter William Bittar