Foto: Divulgação / Alep
Terrazza Panorâmico

Nesta quarta-feira (21), a proposta de reajuste salarial dos servidores do Poder Executivo paranaense recebeu uma emenda, de autoria do líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Hussein Bakri (PSD). O parlamentar incluiu a palavra “parcialmente” ao trecho inicial do texto do substitutivo geral do projeto de lei, que define as regras da data-base da categoria.

O novo texto foi apreciado e aprovado pelos membros das comissões de Constituição e Justiça e de Finanças e Tributação da casa. E avançou, para votação em plenário. Foram realizadas três sessões, sendo uma ordinária e duas extraordinárias. Em todas elas, os deputados aprovaram a matéria.

O teor da proposta foi mantido, com reposição total de 5,08%, dividida em três parcelas: uma, de 2%, em janeiro de 2020; e outras duas, de 1,5% cada, em janeiro de 2021 e em janeiro de 2022. O impacto projetado na folha do Executivo será de R$ 2,1 bilhões. Mas, neste ano, as propostas de reajustes dos servidores dos três poderes são apresentadas em separado. Segundo o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano (PSDB), a mensagem unificada deve ser encaminhada até o fim deste mês para a CCJ. Para isto, a proposta de reposição dos funcionários da casa deve ser apreciada no início da próxima semana.

Repórter Marcelo Ricetti.