Foto: Francielly Azevedo

A senadora paranaense e presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann, e o ex-ministro e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, visitaram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nesta sexta-feira (10), na sede da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba. Haddad é o nome escolhido pelo PT para ser vice de Lula na corrida eleitoral.

Os dois estiveram reunidos com o ex-presidente para debater questões sobre a campanha e confirmar o registro de candidatura de Lula, que segundo eles será feito no dia próximo dia 15.

A visita acontece um dia após o primeiro debate na TV na Band, em que Lula esteve ausente. Os dois ressaltaram que o partido está tomando todas as medidas judiciais para garantir que o petista esteja nos próximos debates ou, na ausência dele, o vice Haddad passe a representá-lo.

Nesta semana, nos bastidores das campanhas eleitorais existiram rumores da possibilidade de Haddad ser incluído já no material de campanha do PT, junto com Manuela D’Ávila, do PCdoB, na posição de vice. No entanto, questionado, Haddad garantiu que a informação não procede e o partido não vai abrir mão da candidatura de Lula.

Se o PT registrar Lula no dia 15, existe todo um prazo legal para que o Tribunal Superior Eleitoral se manifeste e analise a candidatura dele. O dia 17 de setembro, 20 dias antes do primeiro turno, é prazo final de acordo com a legislação eleitoral para mudança de candidatos.

Repórter Francielly Azevedo