Foto: William Bittar

Essa será a última partida do Tricolor na Série B e a diretoria espera mais um recorde de público para fechar o ‘ciclo’ de dez anos do time na segunda divisão. Nas primeiras horas de venda dos ingressos desta quarta-feira (22), a fila passava dos dois quilômetros, mas nada que afastasse os torcedores que querem estar presentes no jogo festivo.

O aposentado, Natal Souza, comprou ingressos para ele e para os familiares e não escondeu, pagou R$ 50 no ingresso dele.

Todo o lucro líquido das doações feitas será revertido para o pagamento dos compromissos do clube relativos à premiação de atletas e funcionários do futebol. Seguindo determinação da CBF, os ingressos terão um valor mínimo de venda, de R$ 20 para todos os setores. Em troca da contribuição os paranistas receberão de lembrança “ingressos especiais”, correspondentes aos valores doados em cada entrada.

O torcedor Anderson Barbosa, disse que as quatro horas de fila valem a pena e que não pode ficar fora da festa.

O Paraná Clube anunciou através de suas redes sociais, que o jogo também será o último o da carreira do goleiro Marcos, um dos maiores ídolos do clube, que encerrará a carreira aos 41 anos. Marcos disputou 366 jogos pelo clube, sendo o jogador que mais vestiu a camisa paranista.

São aproximadamente 36 mil e 500 ingressos a venda e 3.500 sócios que não pagam entrada.

Os ingressos seguem sendo vendidos nesta quinta-feira (23), até às 20h. No sábado, os ingressos serão vendidos das 9h às 14h, na Vila Capanema, e a partir das 15h, serão vendidos no Couto Pereira, até o final do 1º tempo.

Repórter William Bittar

 

Deixe uma mensagem