Quase 53 mil pessoas vivem em áreas de risco no Paraná, diz IBGE

Quase 53 mil pessoas vivem em áreas de risco no Paraná, diz IBGE
Foto: EBC

Quase 53 mil pessoas vivem em áreas de risco no Paraná. No Brasil, este número chega a oito milhões. As informações são do Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, que foram divulgadas na última semana.

Segundo o diretor do Centro de Apoio Científico em Desastres (Cenacid) da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Renato Lima, as áreas de risco são caracterizadas por locais mais propensos aos desastres naturais.

No Paraná, 27 municípios são monitorados pela pesquisa do IBGE, sendo um total de 137 áreas de risco. Mas Lima, afirma que esse número é muito maior na realidade.

Renato Lima explica quais são as regiões do Paraná com o maior número de áreas de risco e como são caracterizadas.

O professor ressalta que o levantamento da população vulnerável a desastres naturais tem como objetivo possibilitar ações de monitoramento, elaboração de alertas e planejamento dos municípios.

Conforme as informações do IBGE, aqui no Paraná, Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, é o município com mais pessoas vivendo em áreas de risco, são quase 19 mil moradores, o que representa 20,3% dos habitantes da cidade.

Repórter Francielly Azevedo