iStock
Terrazza Panorâmico

Com a chegada da velhice aumentam os riscos de quedas. Os tombos na terceira idade são bastante comuns e perigosos.

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, acidentes já se tornaram a sexta principal causa de morte em idosos e grande parte deles é caracterizada por quedas.

O médico ortopedista, especialista em traumatologia, Mark Deeke, explica como uma simples queda pode ser fatal.

Na terceira idade, os reflexos diminuem e o que parece ser um obstáculo simples no caminho, pode ser um grande vilão. A musculatura e o equilíbrio também ficam comprometidos.

Segundo o especialista, dois terços das quedas ocorrem dentro de casa.

Além disso, é recomendado fazer exercícios físicos e atividades que estimulem o equilíbrio e aumentem a força muscular.