Foto: Divulgação/CBN Cascavel
Terrazza Panorâmico

Um dos dois feridos graves na explosão de um frigorífico em Capanema, no sudoeste do Paraná, passou por uma cirurgia, na quarta-feira (6), e segue internado na UTI do Hospital Regional de Francisco Beltrão. A outra vítima também está no local, de acordo com a Secretaria de Saúde de Capanema. Ela teve boa parte do corpo queimada e aguarda a transferência para um hospital que atenda esta especialidade.

A CBN Cascavel conversou com o secretário de saúde de Capanema, Jonas Welter, que afirma que a transferência deve ocorrer ainda nesta semana.

Duas pessoas morreram após a explosão no frigorífico, na noite da última terça-feira (5). Quatro ficaram feridas. Por volta das 20h uma máquina chamada digestor – que ficava em um barracão, nos fundos do frigorífico – explodiu, o que gerou um incêndio.

A máquina é como se fosse uma panela de pressão gigante. Nela, são cozidos os restos de abate de frango que, depois, são usados na fabricação de ração. De acordo com o Corpo de bombeiros, quando o digestor explodiu, a tampa foi projetada para frente e atingiu quatro funcionários que estavam perto.

O restante do aparelho foi para o outro lado, atravessou uma parede e atingiu em cheio outros dois funcionários.

Os homens que morreram no acidente tinham 46 e 35 anos. Dois feridos estão internados, com ferimentos graves, no Hospital Regional de Francisco Beltrão. Os outros dois foram levados ao Hospital Sudoeste, em Capanema, com ferimentos moderados.

Repórter Lucian Pichetti

Deixe uma mensagem