Foto:? Divulgação Receita Federal
Terrazza Panorâmico

A  Alfândega  da  Receita  Federal  no Porto de Paranaguá realizou 
na manhã desta sexta-feira (4), a  apreensão  de  aproximadamente  760  quilos de cloridrato de cocaína.

A  droga  estava  dentro  de  um  contêiner que continha carne congelada de frango e estava escondida dentro de caixas.

O  método  usado pelos traficantes foi o “Rip-on/Rip-off”, quando a 
droga é inserida sem o conhecimento do exportador, após o embarque da mercadoria original. O destino da carga seria o porto de Antuérpia, na Bélgica.

Devido  à  violação  da  carga,  a  mesma será recusada pelo Ministério da Agricultura e não poderá mais ser exportada.

Essa  é  a  primeira  apreensão  do  ano  de 2019 no Porto de Paranaguá e a segunda  da  semana. No último domingo (30) foram apreendidos 347 quilos de cocaína  que  também  teriam como destino a Bélgica. Em menos de uma semana foram apreendidos no total 1,1 tonelada da droga.

A  droga  será  encaminhada  para  a  Polícia  Federal  em  Curitiba para o prosseguimento das investigações.

Repórter Vanessa Fernandes