Foto: Pixabay
Terrazza Panorâmico

De janeiro a junho deste ano foram 26.228 ocorrências de violência doméstica no Paraná. O número representa um aumento de 24,6% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 21.048 casos.

De acordo com o balanço, divulgado pelo Governo do Paraná, são situações que vão desde agressão verbal até violência física.

Para a coordenadora das Delegacias da Mulher no Paraná, delegada Márcia Rejane Vieira Marcondes, a alta nos registros é reflexo do aumento de denúncias.

Além da agressão física, existem outras quatro formas de violência: psicológica, sexual, patrimonial e moral. Todas elas podem ser noticiadas à polícia. A orientação é que ao primeiro sinal de abuso a denúncia seja feita, pois a violência familiar é sempre progressiva.

A delegada explica que todo o procedimento de atendimento às mulheres é realizado para que elas se sintam acolhidas.

No Paraná existem 20 Delegacias da Mulher, distribuídas por todo estado, aptas a receberem as vítimas de qualquer forma de violência doméstica.

Em Curitiba, a Delegacia da Mulher fica na Avenida Paraná, 870. Além disso, é possível denunciar pelos números 181 ou 180. Já em casos de urgência e emergência a orientação é ligar para o telefone 190, da Polícia Militar.

Repórter Francielly Azevedo