Reservatórios de água alcançam menor índice da história

Reservatórios de água alcançam menor índice da história
Divulgação: ALEP

A situação de estiagem no Paraná segue crítica. De acordo a Sanepar o nível dos reservatórios de Curitiba e Região Metropolitana está abaixo do habitual. Nesta terça-feira a média estava em 26,94%. No fim de maio o nível estava em 43%.

Segundo Hudson José, Diretor de Comunicação e Marketing da Sanepar, nesta segunda-feira (09) o índice chegou a 26,92%, o menor da história.

O diretor da Sanepar destaca que o rodízio mais severo está descartado neste mês de novembro, mas apenas se a população colaborar e ajudar na economia de água.

De todos os reservatórios que abastecem Curitiba e região, o que está com a situação mais crítica é o do Iraí, que fica entre Pinhais e Piraquara, com 15,53% da reservação nesta terça-feira (09).

Nesta terça-feira (09) o índice na barragem Piraquara I estava em 25,43%, do Passaúna 34,92% e Piraquara II com 41,94%.

No final de maio o levantamento mostrava que a represa do Iraí, estava com 17% da capacidade. Já o reservatório do Passaúna em 41%, o Piraquara I com 61% e o Piraquara II com 100%.

Repórter Grasiani Jacomini