Revitalização da Orla de Matinhos deve começar em 2021

Revitalização da Orla de Matinhos deve começar em 2021
Foto: William Bittar

O Governo do Paraná apresentou na manhã desta quarta-feira (16), em coletiva de imprensa, o plano de investimentos do Estado em infraestrutura. O projeto prevê obras em ferrovias, aeroportos, revitalização de rodovias, modernização de estradas rurais e a revitalização da Orla de Matinhos, no Litoral do Paraná.

As obras previstas serão realizadas com recursos de financiamentos captados pelo governo e também com verbas do tesouro estadual. Serão R$ 4 bilhões em investimentos. De acordo com Ratinho Junior, do total de recursos, R$ 1,6 bilhão é fruto de um financiamento que será pago durante 15 anos à Caixa Econômica Federal e ao Banco do Brasil.

Uma das obras anunciadas é a revitalização de 20 km da Orla de Matinhos, um projeto considerado como “menina dos olhos” por Ratinho Junior. Serão R$ 512 milhões investidos para a revitalização, que segundo o governador vai trazer mais desenvolvimento no setor do Turismo.

As obras anunciadas estão previstas para começar no início do ano que vem, mas agora devem ser iniciadas as fases de licitação dos projetos. De acordo com o secretário estadual da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, no caso da obra da orla de Matinhos, a previsão de término vai depender da finalização da licitação.

A maior parte dos recursos é para a modernização da malha rodoviária estadual, com investimentos próximos de R$ 1,1 bilhão. O programa inclui a ampliação da capacidade de três rodovias que não estão incluídas nos programas de concessão do Estado. Serão construídos 560 quilômetros de terceiras faixas na PR-280, que corta todo o Sudoeste; na PR-323, entre Maringá e Umuarama, no Noroeste; e na PR-092, no Norte Pioneiro.

Também estão incluídos no pacote a duplicação de 20 quilômetros da PR-317, entre Maringá e Iguaraçu, no Noroeste. Haverá duplicações em dois trechos da BR-277, um de seis quilômetros no trecho urbano de Cascavel, complementando a obra do Trevo Cataratas, que já está em execução, e outro de 12 quilômetros em Guarapuava.

Outro projeto de duplicação beneficia diretamente o Litoral e vai ampliar a capacidade de tráfego em 13 quilômetros da PR-407, entre os quilômetros 6 e 19, de Paranaguá até Praia de Leste, em Pontal do Paraná.

As obras rodoviárias incluem a restauração em pavimento de concreto da PR-280, um projeto que abrange em um trecho 60 quilômetros desde Palmas até o entroncamento com a BR-153. Também estão previstas a conservação e recuperação de 4.179 quilômetros da malha em todo o Estado e a construção do viaduto Joinville, em São José dos Pinhais, e do viaduto Bratislava, entre Londrina e Cambé, cuja ordem de serviço será assinada ainda nesta semana.

Repórter Grasiani Jacomini