rua-itupava
Imagem: Google Earth

Foi rejeitado pelos vereadores o projeto de lei que previa ressarcimento por danos em veículos parados em vagas do Estacionamento Regulamentado, o EstaR.

O projeto chegou a entrar na pauta de votação na semana passada, mas foi retirada a pedido do próprio autor, vereador Mestre Pop (PSC), que acatou sugestão de acrescentar uma emenda à proposta, que criava uma categoria de EstaR com seguro.

A ideia era oferecer cobertura no mínimo contra roubo ou furto, colisão e alagamento.

De volta à ordem do dia na sessão da manhã de hoje, a proposta foi derrubada com treze votos ‘não’, oito votos ‘sim’ e três abstenções.

Também em primeiro turno, os vereadores discutiram e aprovaram a criação de um pólo Gastronômico na rua Itupava, no trecho entre a Prefeito Ângelo Lopes e a Shichller, no bairro Hugo Lange.

A proposta recebeu 25 votos favoráveis.

O autor da matéria, vereador Bruno Pessuti (PSD), destaca a vocação local para a gastronomia e afirma que a criação formal do pólo garante a possibilidade de investimentos – inclusive públicos – para o aprimoramento da infraestrutura na região, de modo a favorecer os negócios e – consequentemente a geração de empregos.

A criação formal de pólos gastronômicos na cidade está previsto no Plano Diretor, aprovado recentemente pela Câmara.

Com a medida, Pessuti defende que será possível a concepção e implantação de um novo projeto para a Itupava, a exemplo do que foi feito anos atrás no Batel.

A proposta volta para discussão em segundo turno na sessão desta terça-feira.

Repórter Cristina Seciuk

Deixe uma mensagem