Saiba como higienizar a casa contra o coronavírus

Saiba como higienizar a casa contra o coronavírus
Foto: Pixabay

A higienização de mãos e ambientes é essencial no combate ao novo coronavírus e diversas outras doenças. Vários hábitos cotidianos podem evitar o risco de contágio em situações do dia a dia.

A limpeza dos cômodos da casa dificulta a transmissão do Covid-19. Diante disso, é indicado fazer a higienização de pisos e banheiros, pelo menos duas vezes ao dia, com água sanitária diluída.

O coordenador do curso de limpeza da FACOP, a Fundação de Asseio e Conservação do Paraná, Mario Guedes, destaca que também é preciso limpar superfícies como trincos de portas, interruptores de luz e corrimãos.

Se a pessoa tiver em casa um familiar infectado ou suspeito, o cômodo dele deve ficar o tempo todo com a porta fechada, mas é necessário manter a janela aberta para que haja ventilação e entrada de luz solar. Além disso, a pessoa infectada ou com suspeita deve trocar a própria roupa de cama diariamente e, se houver secreções, é necessário embalar em um saco plástico antes de levar para máquina de lavar ou ao tanque.

O especialista destaca que a troca de lençóis para pessoas saudáveis pode ser feita uma vez por semana.

Em caso de superfícies como mesas e computadores, o indicado é o uso de papel toalha descartável com álcool 70%. Se utilizar um pano, é necessário fazer imediatamente a lavagem do mesmo.

Outro vilão presente no ambiente domiciliar é o celular. É preciso higienizá-lo diariamente. O ideal é limpar o eletrônico com um lenço de papel embebido em álcool.

Além disso, lembrar sempre de com frequência lavar as mãos com água e sabão; usar álcool em gel sempre que possível; não tocar nos olhos, boca e nariz sem higienizar as mãos; não compartilhar talheres e itens pessoais; tomar cuidado ao tossir ou espirrar, cobrindo sempre a boca com um lenço de papel, que deve ser descartado, ou então com a dobra do cotovelo.

Repórter Francielly Azevedo