Foto: EBC

A sala reservada para a prisão do ex-presidente Lula é um espaço que servia de dormitório para policiais federais que vinham de outras cidades para Curitiba. A sala foi adaptada para receber o ex-presidente e, assim como determina o juiz Sergio Moro na ordem de prisão expedida nesta quinta-feira (05), é uma espécie de ‘sala de estado maior’. Tem uma cama, uma mesa com cadeiras e um banheiro privativo.

O chefe da equipe de custódia e escolta da Polícia Federal, Jorge Chastalu Filho, falou com a imprensa na manhã desta sexta-feira e classificou a sala, como um espaço humanizado.

A sala tem 12 metros quadrados, fica no quarto andar do prédio. O local não tem ar-condicionado, mas tem uma janela que dá para um corredor, que é monitorado por câmeras de segurança. Lula vai receber alimentação comum e nos horários determinados. Além disso, ele terá direito ao banho de sol e poderá conversar com seus advogados de segunda a sexta-feira.

Repórter Karina Bernardi

Deixe uma mensagem