Foto: AEN

Os salários do governador Ratinho Junior, do vice-governador Darci Piana e dos secretários de Estado estão congelados, até dezembro de 2022. A lei que determina a medida foi sancionada nesta segunda-feira. O projeto de lei foi proposto pela mesa diretora da Assembleia Legislativa e aprovado em plenário.

Esta decisão impede a aplicação automática de um reajuste de 16,38% concedido pelo Senado aos ministros do Supremo Tribunal Federal no final de 2018 e que teria reflexos no governo do Paraná.

A iniciativa, segundo os autores, representa uma economia significativa, pois a remuneração no Estado permanece congelada por pouco mais de três anos e tem repercussão direta sobre o teto definido para a remuneração de autoridades, funcionários e servidores aposentados.

No Paraná, o salário do governador deve ser igual ao do presidente do STF. Já o do vice-governador corresponde a 95% do salário do governador e os salários dos secretários, a 70%.

Repórter Marcelo Ricetti