Foto: Pixabay

A secretária da saúde de Curitiba, Márcia Huçulak, prestou contas aos vereadores referentes ao último quadrimestre de 2018. Durante a audiência pública na Câmara, na tarde desta quarta-feira (13).

Márcia reconheceu o déficit de médicos na rede municipal.

Ao ser indagada por Toninho da Farmácia (PDT) sobre o assunto, a secretaria esclareceu que há a autorização para a contratação dos profissionais só que muitos optaram por não assumir os postos.

A saída encontrada pela prefeitura foi chamar profissionais do cadastro de reserva do último concurso.

A secretária afirmou ainda que há 876 médicos na Secretaria de Saúde. 500 deles atuam diretamente nas unidades básicas mas há também profissionais nos centros de especialidades, médicos auditores e médicos no controle epidemiológico.

Segundo ela para suprir o déficit é preciso esperar o chamamento dos novos profissionais. Após, eles serão escalados para atender a população aos sábados. Para isso, vão receber hora extra.

Durante a prestação de contas, a secretaria falou ainda da dificuldade em cumprir metas de vacinação.

Repórter Lucian Pichetti