Secretária diz que curitibanos podem sair, só não podem aglomerar

Secretária diz que curitibanos podem sair, só não podem aglomerar

No fim da tarde desta sexta-feira (2), a Secretaria Municipal da Saúde apresentou o balanço semanal da Covid-19.

A capital conta atualmente com 44.804 casos positivos para infecção pelo coronavírus, um total de 1.310 mortes e uma taxa de letalidade de 2,9%.

No momento 3.620 são os casos ativos de Covid-19, este é o número de pessoas que estão transmitindo a doença. A secretária da saúde Marcia Huçulak destacou a necessidade do isolamento por parte daqueles que recebem o diagnóstico positivo da doença. Huçulak ressalta que mesmo no grupo familiar é necessário o isolamento, especialmente enquanto se aguarda o resultado de exames, para evitar a contaminação intrafamiliar.

Nesta semana a média móvel de casos está em 269,6 e a taxa de transferência de 0,83%. De acordo com os dados apresentados, os números apontam tendência de diminuição na incidência de transmissão.

O coeficiente de incidência da Covid-19 em Curitiba por 100 mil habitantes está em 2.317,7. Chama a atenção à transmissão no distrito sanitário Matriz e Pinheirinho ambos acima da média da cidade. Matriz aparece neste painel semanal com incidência de 2.405,4 e distrito sanitário do Pinheirinho já pela segunda semana acima da média, com 2.681,1 casos por 100 mil habitantes.

Computados os casos desde o dia 11 de março quando teve início a pandemia na capital, 5.161 casos foram confirmados em pessoas com idades de 35 a 39 anos.

Entre as 1.310 mortes registradas na capital, 97% dos pacientes possuíam ao menos um fator de risco para complicações da Covid-19. 78% das mortes ocorreram em pacientes com mais de 60 anos, destes 57% eram homens e 43% de mulheres.

O Painel Covid desta sexta-feira mostra a ocupação dos 334 leitos de UTI SUS exclusivos para Covid-19 em 76%.

A médica infectologista da secretaria de saúde Marion Burger, disse que com a liberação dos leitos exclusivos, é hora da população que necessita de cirurgias eletivas retomar as consultas e realizar o procedimento.

A bandeira para risco da transmissão da Covid-19 permanece amarela.

Segundo pesquisa da Universidade de Pelotas 99% dos curitibanos declararam usar máscara ao sair em locais públicos. Ao anunciar o resultado da pesquisa, a secretaria Marcia Huçulak agradeceu a população, e disse que as pessoas podem sair, o que não pode é se aglomerar.

Repórter Vanessa Fernandes