Foto: Reprodução/AEN

A sede do IAP, Instituto Ambiental do Paraná, localizada no bairro Rebouças em Curitiba, vai deixar de receber animais silvestres a partir da próxima segunda-feira.

Quem passa executar esta função é o Departamento de Pesquisa e Conservação da Fauna da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, anexa ao Museu de História Natural, no bairro Capão da Imbuia.

O órgão vai receber, atender e encaminhar os animais silvestres apreendidos pela Polícia Ambiental, IAP e fiscais, além daqueles que forem encontrados em situações de risco.

A responsável pelo Departamento de Licenciamento de Fauna do IAP, Marcia de Guadalupe Pires, falou sobre a mudança e da nova estrutura disponível para este tipo de atendimento.

Além de receber os animais silvestres, será feita uma triagem para verificar os animais que estão prontos a voltarem para a natureza e os que precisam de atendimento médico veterinário.

Casos em que não possam ser devolvidos à natureza, serão destinados pelo IAP para instituições de fauna licenciadas. A parceria é resultado do convênio assinado entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Curitiba.

Lembrando que as demais regionais do IAP distribuídas pelo Estado continuarão recebendo os animais normalmente. O convênio vale para Curitiba e região, local com maior demanda de recebimento de animais.

A entrega de animais silvestres deverá ser feita no acesso lateral do museu, todos os dias, das 9 da manhã ao meio dia, e da uma e meia às 4 horas da tarde.

Repórter Fabio Buchmann