Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
Terrazza Panorâmico

Corregedor da Casa, Roberto Rocha, do PSDB, avalia que as imagens das câmeras de segurança têm que ser analisadas por peritos profissionais. Por isso, a Corregedoria vai recorrer à PF para investigar suposta fraude na eleição da Mesa Diretora. A apuração busca descobrir por que, no dia da votação para eleger o presidente da Casa, havia 82 cédulas e não 81, que é o número de senadores.

Acompanhe as informações em Rede CBN