Foto: Reprodução/SMCS

A semana é de volta as aulas para muitos estudantes de Curitiba. Nesta segunda (11) várias instituições particulares retomaram os trabalhos. Na sexta-feira (15), crianças e adolescentes retomam a rotina de estudos nas escolas municipais, Centros Municipais de Educação infantil (CMEIs) e Centros Municipais de Atendimento Educacional Especializado (CMAEEs).

Como consequência, o trânsito na cidade tende a ficar mais intenso, principalmente nos horários de início e fim de aulas. Segundo o diretor da Escola Pública de Trânsito Claudionor Agibert, além de pais que levam e buscam os filhos de carro, cresce também o número de vans e ônibus escolares nas ruas.

Com o movimento mais intenso em frente as escolas os pais precisam redobrar a atenção na hora de desembarcar os filhos.

Mas a volta as aulas não é a única razão para o aumento no fluxo de veículos na capital. De acordo com a Superintendência de Trânsito de Curitiba (Setran), desde a segunda quinzena de janeiro, já há mais carros circulando nas ruas da cidade. Um aumento que varia entre 30% e 40%. O que acontece é que os horários de pico são postergados e o maior movimento não fica concentrado nos horários de saída de unidades escolares.

Repórter Lucian Pichetti