Foto: Pixabay

Quantos senadores da república teriam recursos suficientes para comprar um avião para se deslocar de suas cidades até Brasília? Poucos, ou quase nenhum.

Mas tem um parlamentar paranaense que prometeu que vai tomar essa atitude.

Eleito senador pela primeira vez em outubro do ano passado, Oriovisto Guimarães (Podemos) afirma que, assim, abre mão das passagens de avião a que tem direito como parlamentar.

O anúncio foi feito após a informação ser pulicada pela revista Veja. O empresário, que é fundador do Grupo Positivo, confirmou a intenção de comprar a aeronave por meio das redes sociais.

O parlamentar esclarece que decidiu tornar público o anúncio porque a nota da revista era dúbia e dava a entender que ele queria comprar o jatinho com recursos do Senado.

Na nota, o senador diz que, “em primeiro lugar, não tenho mais ligação com o Grupo Positivo há sete anos. Em segundo lugar, realmente estou procurando um avião para comprar. Vou comprá-lo com o dinheiro que ganhei como empresário. E para ganhar este dinheiro criei mais de 10.000 empregos e paguei (junto com meus sócios) centenas de milhões de reais em impostos. Cada centavo que será usado na compra deste avião foi ganho de forma honesta e com o suor de meu rosto”.

O senador afirma ainda que “com esta ação livrarei o Senado de bancar minhas passagens aéreas entre Curitiba e Brasília gerando mais economia aos cofres públicos. Pelo mesmo motivo, abri mão do auxílio mudança e auxilio moradia, pois apesar de serem previstos em lei, entendo que não seria ético eu usufruir desses benefícios”.

Repórter Lucian Pichetti