Foto: Geraldo Bubniak/Paraná Clube
Terrazza Panorâmico

Na briga pelo acesso, o Paraná Clube decepcionou a torcida mais uma vez jogando na Vila Capanema. Mesmo com o domínio da partida, o Tricolor não saiu do empate sem gols com o Vitória e deixou escapar a aproximação do G4 da Série B do Campeonato Brasileiro.

Mais de nove mil torcedores estiveram no estádio, mas, ao final da partida, vaiaram a atuação paranista.

O Tricolor é o sexto colocado, com 51 pontos, três a menos que o primeiro time na zona de acesso.

Já o Coritiba também ficou no empate, mas, apesar de precisar da vitória para ficar tranquilo na competição, não pode reclamar tanto do resultado. O alviverde ficou no 1 a 1 com o Figueirense, jogando no Orlando Scarpelli, em Florianópolis, e segue na zona de classificação para a Série A.

O resultado não foi ruim, porque ainda no primeiro tempo, o Coritiba ficou com um jogador a menos, com a expulsão de Diogo Mateus. No lance que o jogador foi expulso ainda foi assinalado um pênalti para o Figueirense, mas Fellipe Mateus bateu no meio do gol, rasteiro, e Alex Muralha conseguiu defender com os pés.

Na segunda etapa, Robson ainda abriu o marcador para o Coritiba, mas Rafael Marques empatou a partida. O Coritiba chegou aos 54 pontos, na terceira posição e só pode perder o posto para o Atlético Goianiense que joga hoje a noite.

O Operário também ficou no empate. O Fantasma foi até o Serra Dourada, onde ficou no zero a zero com o Vila Nova. O time de Ponta Grossa precisava da vitória para se aproximar de vez do G4, mas deixou a chance escapar, ficando na oitava posição com 49 pontos.

E o Londrina segue na crise e perdeu a quarta partida seguida na Série B e só não entrou na zona de rebaixamento para a terceira divisão, justamente porque o Figueirense não conseguiu vencer o Coritiba na rodada. O Tubarão perdeu para o América Mineiro, por 1 a 0, jogando no Estádio do Café. Com o resultado, o Londrina segue na 16ª posição, uma acima da zona de rebaixamento, com 35 pontos, a mesma pontuação do Figueirense, mas tem 10 vitórias, contra seis do time catarinense.

Série A

Pela Série A, o Athletico Paranaense entra em campo amanhã, às 16h, para enfrentar o São Paulo, no Morumbi. O rubro-negro terá desfalques importantes: o volante Bruno Guimarães e o meia Léo Cittadini, machucados, além do zagueiro Léo Pereira e do atacante Marco Ruben, suspensos.

O técnico interino Eduardo Barros segue à frente da equipe atleticana após a saída do técnico Tiago Nunes, que assinou contrato com o Corinthians, para 2020.

O Furacão vem de um empate sem gols com o Cruzeiro e saiu do G-6, ocupando a sétima posição, com 47 pontos. Mesmo com a vaga na Libertadores garantida, o rubro-negro quer figurar entre os primeiros colocados também no Campeonato Brasileiro. O São Paulo é o quinto colocado, com 52 pontos e precisa da vitória para tentar entrar novamente no G4, após perder para o Fluminense, na última rodada.

Repórter William Bittar