Foto: Divulgação/Polícia Civil do Paraná

Um servidor público do município de Cerro Azul, na região metropolitana de Curitiba, foi preso, nesta quinta-feira (14), suspeito de falsificar carteiras de identidade para auxiliar criminosos. O homem, de 53 anos, valia-se da função de servidor para a prática criminosa.

De acordo com as investigações da Polícia Civil, que duraram cerca de 6 meses, o servidor fraudou mais de 20 carteiras de identidade para pessoas que possuíam mandados de prisão em aberto por crimes graves cometidos em todo o Estado.

O homem responderá por crimes de peculato, falsificação de documento público, falsidade ideológica e prevaricação. Ele está preso, em razão de mandado de prisão preventiva e aguarda à disposição da Justiça.

Repórter William Bittar