Foto: Cesar Brustolin/SMCS (arquivo)

Setembro é o mês internacional de prevenção ao suicídio, conhecido como Setembro Amarelo. O movimento é mundial, para conscientizar a população sobre a realidade do suicídio e mostrar que existe prevenção em mais de 90% dos casos. O Centro de Valorização da Vida (CVV) é quem coordena as atividades em todo o país. O atendimento no CVV é feito por voluntários, como o Clóvis Sary, que estão disponíveis 24 horas por dia. Eles estão a postos para ouvir o desabafo das pessoas e ajudá-las a sair da depressão.

O programa trabalha com base no apoio emocional com objetivo da prevenção ao suicídio. O voluntário do CVV, Clóvis Sary, explica que o movimento serve para chamar a atenção para o suicídio, assunto tratado como tabu.

Por dia, aproximadamente, 25 pessoas cometem suicídio no Brasil e centenas de outras pensam seriamente em fazê-lo. Clóvis cita que o todos nós podemos fazer para ajudar quem passa por isso.

Entre as ações do Setembro Amarelo em Curitiba, na quarta-feira (5) o CVV vai instalar 1000 balões amarelos na Praça Santos Andrade. A ação é das 8h às 12h. O objetivo é chamar a atenção para o dia 10 de setembro, Dia Internacional de Prevenção do Suicídio.

O Centro de Valorização da Vida fica na Rua Carneiro Lobo, 35, no Água Verde.

Repórter Lucian Pichetti

Deixe uma mensagem