Foto: Conmebol.
Terrazza Panorâmico

O time principal do Athletico disputou apenas três jogos em 2019. A série incluiu duas vitórias em amistosos contra times paraguaios na Arena da Baixada (2 x 1 General Diaz; 3 x 0 Guarani) e a derrota para o Tolima, por 1 a 0, na abertura da fase de grupos da Copa Libertadores da América, terça-feira (5), em Ibagué, Colômbia. Porém, o técnico rubro-negro não atribuiu este tropeço à falta de ritmo. “Colocar o resultado na conta do ritmo de jogo não é justo. Poderíamos ter tido um melhor rendimento. Iniciamos bem a partida, mas passamos a ter dificuldades nos duelos individuais“, declarou Tiago Nunes.

De volta à Curitiba, o Athletico se prepara para três partidas consecutivas na Arena da Baixada (tabela abaixo) e avalia a situação do lateral-direito Madson, que sofreu uma lesão muscular logo aos dez minutos do confronto em Ibagué. Sem Madson, Tiago Nunes escalou o zagueiro reserva Zé Ivaldo para a lateral-direita, o que facilitou a tarefa de Albornoz, lateral-esquerdo da equipe local. A improvisação aconteceu porque o outro lateral-direito nem viajou para a Colômbia: Jonathan se recupera de uma lesão na coxa direita.

No outro jogo do grupo G, também nesta terça, o Jorge Wilstermann, estreou com um empate diante do Boca Juniors: 0 a 0, em Cochabamba, Bolívia.

****(

Próximos jogos do Athletico

JORGE WILSTERMANN… Quinta, 14 de março, 21h, Arena da Baixada

BOCA JUNIORS… Terça, 2 de abril, 21h30, Arena da Baixada

TOLIMA… Terça, 9 de abril, 19h15, Arena da Baixada

JORGE WILSTERMANN… Quarta, 24 de abril, 19h15, em Cochabamba (Bolívia)

BOCA JUNIORS… Quinta, 9 de maio, 21h30, em Buenos Aires (Argentina)

(Ayrton Baptista Junior)