Foto: Reprodução/SMCS

As feiras de invernos das Praças Osório e Santos Andrade terminam neste sábado, mas ainda é possível aproveitar as mais de 70 barracas de produtos artesanais diversos.

Com preços especiais, os artesãos vendem mantas, pijamas, pantufas, gorros entre outros produtos. Quem vende este tipo de produto nas feiras de inverno de Curitiba está satisfeito com as vendas.

A Emanoele Gomes vende pijamas, pantufas e roupinhas para pet, ela conta que o frio registrado na capital nos últimos dias com temperaturas abaixo dos 10 graus, fez com que as vendas fossem muito boas. Emanoele espera vender ainda mais até sábado quando encerra a feira.

A feirante diz ainda que os dias frios também alavancaram as vendas dos artigos para pet, que também precisam ficar protegidos nesta época.

E quem ainda tem festas juninas pela frente também encontra estes artigos nas feiras de inverno. A Maria de Lourdes Wizenffat conta o que pode ser encontrado na barraca que ela comanda juntos com as amigas que vendem acessórios de lã.

Mas não são somente as peças de vestuário que atraem os visitantes nas feiras da Praça Osório e Santos Andrade, as opções de gastronomia também reforçam o combate ao frio da capital. Há barracas com quentão e pinhão, além das comidas típicas chilenas, mexicanas, bolivianas, belgas, italianas, polonesas, japonesas, mineira, amazônica, além de sanduíches e pastéis fritos na hora.

Muitas opções de comidas e comidas boas, como a do conhecido Tadeu do Pierog que esteve afastado das feiras de inverrno no último ano, mas que voltou com força total. A Letícia Nascimento está a frente das vendas na Praça Osório e conta como tem sido boas as vendas do prato típico desta barraca, o pierog, além dos sonhos que são o outro atrativo.

As feiras de inverno das Praças Osório e Santos Andrade funcionam até o próximo sábado, dia 13 de julho. A da Osório funciona das 10h às 21h, e a feira da Praça Santos Andrade funciona das 10h às 20h.

Repórter Vanessa Fernandes