Foto: Divulgação/Associação dos Nativos da Ilha do Mel
Terrazza Panorâmico

O trapiche da praia de Nova Brasília, na Ilha do Mel, litoral paranaense, foi parcialmente bloqueado nesta segunda-feira (11), pela Capitania dos Portos do Paraná (CPPR), órgão ligado a Marinha do Brasil.

A Capitania informa que realizou uma Inspeção Naval no trapiche nos dias 11 e 12 de fevereiro e constatou a má conservação da estrutura. Foi colocada, na segunda, uma fita de isolamento em parte da ponte para evitar acidentes.

De acordo com o 1° Tenente Fabiano Cecílio da Silva, Chefe do Departamento de Segurança do Tráfego Aquaviário da Capitania, o órgão responsável pela estrutura, o Instituto Ambiental do Paraná (IAP), fez uma reforma no local entre o final do ano passado e o início de 2019. Só que o trapiche voltou a apresentar problemas estruturais e risco aos turistas.

Apesar do bloqueio de parte do trapiche, ele continua funcional e os barcos não pararam de atracar.

Nesta terça-feira (12), o IAP voltou a ser notificado para providenciar o reparo da estrutura.

O IAP informou que vistoriou o local junto com técnicos da prefeitura de Paranaguá ainda nesta terça. As equipes identificaram que um pino central da estrutura quebrou “devido a um grande impacto”. A nota diz ainda que “a previsão é que se faça uma obra emergencial de reparo nos danos causados até o final dessa semana”. Na véspera de réveillon, parte da estrutura do trapiche cedeu depois que uma das peças metálicas de sustentação se soltou. Uma idosa que tentou atravessar a passagem horas depois do incidente caiu e ficou ferida.

Repórter Lucian Pichetti