Foto: Lucilia Guimarães/SMCS
Terrazza Panorâmico

Três homens foram presos, no bairro Campo Comprido, em Curitiba, suspeitos de participar da pichação no Bondinho da Rua XV de Novembro. A identificação deles foi feita pelo departamento de inteligência da Secretaria Municipal da Defesa Social em conjunto com a Polícia Civil, com base em imagens do circuito de câmeras instalado nas proximidades do bondinho.

O bondinho amanheceu pichado no último dia 18 de junho. Durante a manhã do mesmo dia, a Fundação Cultural de Curitiba iniciou o processo de limpeza do equipamento.

O diretor da Guarda Municipal, Odgar Nunes Cardoso, contou que foram encontrados na casa dosa suspeitos materiais utilizados para pichação.

O diretor da Guarda explica que os pichadores procuram locais que chamam a atenção, por isso o bondinho se tornou um alvo.

O bondinho passou por reforma e foi reaberto ao público em novembro do ano passado. Ele é uma das unidades da Coordenação de Literatura da Fundação Cultural e funciona como posto de atendimento para empréstimo gratuito de livros e atividades de incentivo à leitura.

Os três suspeitos foram encaminhados para Delegacia da Polícia Civil e vão responder pelos crimes de dano e associação criminosa.

Repórter Francielly Azevedo