Foto: Reprodução/PRF

Três mortes em três acidentes diferentes foram registradas no fim de semana, nas estradas que cortam a grande Curitiba.

Um homem morreu após capotar um Honda/Fit na BR-376, em Tijucas do Sul. O acidente foi por volta das 16h deste domingo (20).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista, que era de Dourados (MS), estaria voltando de Curitiba, quando perdeu controle do carro ao querer mostrar a represa do Vossoroca para os passageiros.

No carro também estavam a esposa da vítima e quatro crianças, que não se feriram.

Por causa do acidente, o congestionamento na BR-376, entre as praias de Santa Catarina e Curitiba, chegou a seis quilômetros no trecho que fica em Guaratuba, no litoral paranaense.

De acordo com a PRF, a pista foi liberada às 18h, e às 19h30 já não tinha nenhum ponto de lentidão.

PR-281

Também na tarde de domingo, um homem de 27 anos morreu e outro ficou gravemente ferido após colidir a motocicleta com um guard rail. O acidente foi na PR-281, em Agudos do Sul, no trecho conhecido como Lagoinha.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), os dois teriam saído de Agudos do Sul em direção a Tijucas do Sul e o piloto teria perdido o controle da moto. O garupa é sobrinho da vítima. O corpo do motociclista foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.

BR-277

Na manhã de sábado (19), um ciclista de 38 anos morreu ao ser atropelado por um caminhão. O acidente foi na BR-277, em Campo Largo.

Segundo a PRF, a vítima teria se distraído após enroscar um dos pés no pedal da bicicleta e invadindo a pista.

O caminhão não conseguiu frear a tempo e atropelou o ciclista. A vítima teve traumatismo craniano, chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu.

O motorista do caminhão foi levado para a delegacia e liberado após assinar um termo em que se comprometeu a comparecer a uma audiência para prestar esclarecimentos sobre o acidente.

Repórter Lucian Pichetti