Foto: Vanessa Fernandes
Terrazza Panorâmico

A construção da trincheira no cruzamento da Avenida Nossa Senhora Aparecida e General Mário Tourinho, no bairro Seminário, uma obra muito esperada por motoristas, moradores e comerciantes da região está suspensa, pelo menos temporariamente.

Desde setembro de 2018, a faixa esquerda da Mário Tourinho está bloqueada, de acordo com a prefeitura, no local seriam colocados materiais que seriam usados na obra. O bloqueio, desde então gera transtornos no trânsito, e no local não há nada além de tapumes e cones para limitar a via.

As obras não foram iniciadas, mas a interdição permanece no local.

De acordo com a assessoria da prefeitura de Curitiba, no último dia 27 de março, o agente financiador da obra, a Caixa Econômica Federal, informou à Prefeitura de Curitiba que o ministério gestor ainda não creditou os recursos financeiros na conta vinculada ao contrato e, tão logo isto ocorra, serão efetuados os trâmites para autorizar o desbloqueio de recursos.

A nota da prefeitura também informa que a obra está passando por uma readequação de projeto. Segundo o comunicado, o projeto inicial previa a utilização de estacas metálicas que por fim não estavam disponíveis para pronta entrega no mercado. Outra readequação do projeto será em relação ao pavimento. No projeto inicial estava previsto asfalto que deverá ser modificado para concreto.

A mudança na especificação obrigou a readequação do projeto e a revisão pelo agente financiador da obra, a Caixa Econômica Federal. Segundo a prefeitura, superada esta fase, os trabalhos serão retomados imediatamente.  

A prefeitura informa ainda que o bloqueio integral do cruzamento da Mário Tourinho e Nossa Senhora Aparecida só será feito quando todos os materiais e equipamentos necessários para os serviços neste trecho estiverem no local.

A Caixa Econômica Federal aguarda a apresentação dos projetos de readequação para liberação dos recursos para a obra.

O custo estimado da trincheira é de R$ 14 milhões e no local devem passar 41 mil veículos por dia.

Repórter Vanessa Fernandes