Foto: Ricardo Marajó/FAS
Terrazza Panorâmico

Nesta terça-feira (01), a Universidade Federal do Paraná confirmou que metade da verba orçamentária que estava bloqueada pelo Ministério da Educação, desde maio, foi liberada.

Ao todo, haviam sido retidos R$ 48 milhões, que equivalem a 30% dos recursos voltados para as despesas da universidade. Destes, a instituição de ensino superior mais antiga do País recebeu R$ 24 milhões.

A medida, segundo o reitor Ricardo Marcelo Fonseca, elimina o risco de suspensão das aulas.

O bloqueio afetou diretamente o custeio da UFPR, como contratos de prestação de serviços, consumo de água e energia, além dos restaurantes universitários.

Para o reitor, o desbloqueio de parte do orçamento é importante. Mas, não garante um fim de ano sem dívidas para a universidade. Ele fez uma convocação à comunidade acadêmica, para que continue mobilizada, ajudando a garantir que a outra metade também seja liberada.

Repórter Marcelo Ricetti